Por Pricilla Back
Assessoria de comunicação do Senac/SC – imprensa@sc.senac.br

Abundantes em todo o litoral catarinense, os frutos do mar emprestam seus sabores característicos para uma receita que tem origem na tradicional empadinha portuguesa, mas que se adaptou muito bem ao Brasil: o empadão. Os frutos do mar são animais que possuem conchas ou carapaças, entre eles, ostras, mariscos, camarões e crustáceos em geral.  

Na gastronomia de Santa Catarina, eles estão presentes em diversos preparos e são muito ligados à tradição da culinária açoriana. Pratos simples, mas muito saborosos, à base de berbigão, lula e carne de siri, entre outros podem ser facilmente encontrados em restaurantes à beira-mar. 

A chef Renata Tremea, que assina a receita do empadão de frutos do mar, explica porque esse insumo está tão presente na mesa dos catarinenses. A vinda dos açorianos consolidou o hábito de consumir frutos do mar, que eram parte da base alimentar dos imigrantes. Com a abundante oferta na região, esse hábito se tornou uma tradição em todo o litoral do estado”.   

Tradição que conta também com a vocação do estado para a maricultura. Os catarinenses são os maiores produtores de ostras e mexilhões do Brasil, com 565 maricultores distribuídos em 11 municípios. A região da Grande Florianópolis é a maior produtora nacional de ostras e o camarão “Laguna” é uma das espécies mais saborosas da costa catarinense. 

Apesar de ainda serem considerados os grandes vilões das alergias alimentares, os frutos do mar têm preparo simples e ainda trazem uma série de benefícios para a saúde. “São uma ótima fonte de proteína e contém poucas calorias. Além disso, são ricos em zinco, iodo e selênio – minerais que fortalecem o sistema imunológico, ômega 3 e vitaminas do complexo B”, afirma a chef Renata Tremea. 

Acompanhe, abaixo, a receita completa do empadão de frutos do mar. E anote na agenda: no dia 13 de julho às 14h, será realizada uma live no Instagram do Observatório da Gastronomia com a chef Renata Tremea, que vai comentar os truques da receita e o uso dos frutos do mar em receitas tradicionais como o empadão. 

 

 

Empadão de frutos do mar 

Tempo de preparo: 60 minutos
Rendimento: 400g 

Ingredientes:
Massa
300g de farinha de trigo
150g de manteiga (sem sal)
1 colher (chá) de sal
1 gema
40 a 50ml de água gelada 

Recheio
200g de camarões médios descascados
70g de mariscos
70g de lula
100g de cebola picada
200g de tomate sem pele e sem semente batidos
100g de abóbora cabotiá
3 dentes de alho picados
1 ramo de tomilho
Suco de 1 limão
125g de requeijão
1 gema (para pincelar)
Sal, pimenta e azeite a gosto 

Observação: Os frutos do mar podem ser substituídos por: frango, legumes, carne seca ou outros ingredientes de sua preferência. 

Modo de preparo 

Massa: Em um bowl, disponha a farinha, a manteiga cortada em cubinhos e o sal. Amasse com a ponta dos dedos até formar uma farofa. Adicione a gema. Adicione a água aos poucos, formando uma massa lisa. Embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por 1 hora.  

Recheio: Tempere os frutos do mar com sal, pimenta e suco de limão. Marine por 15 minutos. Cozinhe a abóbora e amasse formando um purê. Reserve. Em uma frigideira, aqueça um fio de azeite, junte o alho e doure. Adicione os frutos do mar e cozinhe por 2 a 3 minutos. Reserve. Em outra frigideira, junte um fio de azeite, refogue a cebola, junte os tomates e as folhinhas de tomilho. Cozinhe por 10 a 15 minutos. Adicione o purê de abóbora e acerte o sal e a pimenta. Junte os frutos do mar a este preparado e leve à geladeira.  

Dica importante: O recheio deve estar frio quando for rechear o empadão.  

Montagem: 

  1. Divida a massa em duas partes e abra entre plásticos com o auxílio de um rolo.
  2. Disponha a metade da massa em uma assadeira de fundo removível (ou nas embalagens de alumínio) cobrindo o fundo e as laterais.
  3. Recheie e disponha com uma colher, o requeijão.
  4. Cubra com a outra metade da massa e faça um pequeno corte para que o vapor saia e não umedeça a massa.
  5. Bata a gema com uma colher de sopa de água e pincele o empadão.
  6. Leve ao forno preaquecido a 200 graus por 35 a 40 minutos ou até que esteja dourado. 

Pós-preparo
Consuma no dia do preparo ou conserve congelado por até 3 meses.   

*Contém glúten e lactose. 

 

Fontes: 

GNT – https://gnt.globo.com/bem-estar/noticia/os-beneficios-do-consumo-de-peixes-e-frutos-do-mar.ghtml 

Epagrihttps://cedap.epagri.sc.gov.br/index.php/maricultura/ 

Secretaria do Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural – http://www.agricultura.sc.gov.br/index.php/noticias/1092-santa-catarina-cria-linha-de-credito-especial-para-maricultores-e-pescadores