Representantes da Associação FloripAmanhã desembarcaram nesta quarta-feira (30/10) na China para participar da 2019 Shunde Food and Culture Week (ou Semana de Cultura e Gastronomia de Shunde). O evento acontece em Shunde, distrito de Foshan, província de Guangdong, e termina dia  4 de novembro.

O encontro reúne Cidades Criativas Unesco da Gastronomia de vários países, com o objetivo de compartilhar o que está sendo feito na área em cada cidade criativa. Florianópolis, Belém do Pará e Paraty, representando o Brasil, e mais 15 cidades de outros países, vão debater, identificar e explorar caminhos inovadores, além de oportunidades e desafios ligados à alimentação.

Mais uma vez o case “Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia” será apresentado, mostrando como se dá a gestão do programa na cidade, já elogiada pelo órgão da ONU. A secretária-executiva da FloripAmanhã, Márcia Techner, leva na bagagem livros com receitas de pratos da Capital catarinense.

Os livros serão doados ao Centro Internacional de Gastronomia e Intercâmbio Cultural (IGCEC), que será inaugurado durante o evento. Além disso, quem estiver no encontro, terá a oportunidade de conhecer o sabor das cachaças da ACAPACQ (Associação Catarinense dos Produtores de Cachaças e Aguardente de Qualidade).

Na programação, está a participação na inauguração do Centro Internacional de Gastronomia e Intercâmbio Cultural (IGCEC), do festival gastronômico, com show cooking, onde um chef de cada cidade vai fazer uma receita de um prato, mostrando os temperos de seu país. O sabor da culinária de Florianópolis será conhecido pelas mãos do chef Narbal Correa, coordenador da Confraria Florianópolis Cidade Criativa UNESCO da Gastronomia. Ele vai apresentar em seu show cooking o prato Tartar de Peixe como Caviar de Tapioca.

Os representantes das cidades vão participar ainda de uma conferência de boas práticas, com apresentação de cases. Também está agendada uma reunião oficial das Cidades Criativas UNESCO da Gastronomia, além de visitas técnicas a escolas de gastronomia da região.

 

Fonte: Associação FloripAmanhã